Inspirando beleza, sensualidade e alegria

Arquivo para janeiro, 2010

The Graces faz venda especial

Joias selecionadas recebem desconto especial de verão nas seis lojas da rede em São Paulo

Modernas, versáteis e, sobretudo, cheias de estilo, as joias The Graces são concebidas para acompanhar a mulher em todas as ocasiões. Especialista em criar objetos de desejo na forma de brincos, colares, pingentes, pulseiras, braceletes e anéis em ouro, com diamantes e gemas preciosas, a The Graces está realizando sua venda promocional de verão, com descontos de 50%. As peças da promoção foram selecionadas de coleções como 5 sentidos, Fênix, Persona e Vida.

Todo em ouro branco e diamantes, os pingentes Flame encontram-se pela metade do preço. Grande (foto): de R$ 2.582,50 por R$ 1.291,25. Pequeno: de R$ 625,00 por R$ 312,50.

Já o pingente Freya, da Coleção Fênix, todo em ouro amarelo com diamantes, baixou de R$ 1.956,00 para R$ 978,00.

Outro destaque é anel Manon, da Coleção Persona. Todo em ouro branco, com safira rosa, turmalina rosa, quartzo rosa e diamantes, ele baixou de R$ 2.992,50 para 1.496,00.

Também faz parte da venda especial o brinco Instinto, da Coleção Vida. Em ouro amarelo e diamantes, ele baixou de R$ 5.670,00 para 2.835,00.

A venda especial é válida para todas as lojas The Graces, localizadas nos shoppings Morumbi, Paulista, Center Norte, Anália Franco, Plaza Sul e  Ibirapuera, enquanto durarem os estoques. A joalheria aceita todos os cartões de crédito e o pagamento durante a Venda Especial pode ser parcelado em até 5 vezes.

The Graces – www.thegraces.com.br – (11) 5189-6620

Anúncios

Último dia de SPFW

No último dia de São Paulo Fashion Week, a estilista Isabela Capeto mostrou uma coleção mística para o inverno, onde o colorido das estampas foi o ponto forte. Com inspiração nos filtros, ela levou a passarela muitas pulseiras, brincos, patuás e colares com símbolos.

Do mundo vegetal veio a inspiração para o inverno 2010 da Carlota Joakina, marca de Glória Coelho. Para Camila Bertoloti, a responsável pelo estilo, a ideia foi buscar a “Arquitetura da Flor”, nos vários shapes de flores, entrelaçados de florestas, de galhos, etc e assim produzir uma coleção repleta de vestidos e blusas com apliques de flores e folhas em couro sintético. A estamparia obteve grande destaque e veio em forma de galhos secos.

A coleção inverno 2010 da Reserva trouxe uma silhueta ajustada, com a calça skinning e a alfaiataria mais esportiva que surge a partir da desconstrução de um tuxedo (roupa de gala clássica). Ainda sobre a alfaiataria, a visão de Rony foi dar uma cara mais despretenciosa, desconstruindo-a e fazendo uso de materiais inusitados como jeans e moleton, juntamente com o viés reflexivo utilizado na alfaiataria clássica.

Depois de uma temporada fora da São Paulo Fashion Week, a volta da grife Do Estilista era aguardadíssima. O desfile Inverno 2010, no último dia da SPFW, foi bem sério no vaivém da passarela forrada de carvão – tom que, aliás, dominou a cartela de cores da coleção.

Os desfiles de André Lima sempre são muito esperados e nunca decepcionam. A proposta do estilista foi o estudo de formas e volumes que sobre bases justas no corpo feminino. Nisso, pode-se ver uma verdadeira exuberância de formas e cores onde a assimetria obteve lugar ímpar e os ombros surgiram volumosos. No tocante a estamparia e ao formato das peças, os grafismos dominam a coleção. A mulher André Lima inverno 2010 é feminina, poderosa e “desenhada” por formas geométricas.

Fonte: Revista QUEM / Fotos: Divulgação

Acompanhe a cobertura completa da SPFW em nosso twitter: @The_Graces


Quinto dia de SPFW

Alexandre Herchcovitch desfilou sua nova coleção masculina com modelos mascarados de caveiras. As roupas do estilistas foram predominantemente pretas, xadrez e vermelhas – cores que remetem à morte, tema escolhido como inspiração para a coleção de outono/inverno 2010.

Desfiles virtuais que experimentam novos formatos são cada vez mais tendência no universo da moda. Alexander McQueen, por exemplo, é um dos que se aventura pela nova proposta. E na SPFW, Oestúdio tomou este rumo. Seu desfile foi virtual, um vídeo exibido numa tela de 30 metros, que pode também ser assistido e baixado na web. “Quisemos sair da zona de conforto”, justifica a estilista Nina Gaul.

Se depender de Jefferson Kulig, os vestidos retos e soltinhos vão estar com tudo na temporada outono-inverno 2010. O comprimento sugerido é pouco acima do joelho. Os tecidos são os mais variados: tule, jersey e canelados. Além disso, a borracha também apareceu na coleção em looks inspirados em roupa de mergulho.

O colorido e o bom humor característicos da Neon marcaram presença mais uma vez neste São Paulo Fashion Week. Capitaneada por Dudu Bertholini e Rita Comparato, a marca desfilou uma coleção inspirada na caça, em que o colorido dos animais caçados se sobrepõe às cores típicas do caçador.

Se depender de Wilson Ranieri, as mulheres virão comportadas, clássicas e elegantes na estação mais fria do ano. Nenhuma peça é curta nem muito decotada. A sensualidade é expressa em uma ou outra transparência e um recorte mais ousado nas costas.

O desfile da grife Lino Villaventura fechou o penúltimo dia de SPFW com elegância, modernidade e ousadia. Quem vestir a coleção outono-inverno da marca vai prezar por bordados, patchwork e riqueza de detalhes.

Fonte: Revista QUEM / Fotos: Divulgação

Acompanhe a cobertura completa da SPFW em nosso twitter: @The_Graces


Quarto dia de SPFW

Glória Coelho abriu os desfiles do quarto dia de SPFW. A nova coleção da estilista trouxe uma palheta de cores claras, variantes do branco, prata, dourado e rosa.

Erika Ikezili apostou nas unhas com cores escuras e nos batons bem fortes. Os acessórios metalizados também estiveram presentes na passarela.

Fernanda Lima foi o grande destaque do desfile da Amapô. A coleção desta vez era baseada em mendigos, sem-teto, nômades, então eram peças com estampa de jornal, saias feitas a partir de várias camisas de flanela amarrradas na cintura, calças vários números maior, presas por suspensórios, outras eram curtas, os paletós ora eram amarfanhados, ora eram feitos de zíperes que, quando abertos, davam o efeito de roupa rasgada.

A grife Huis Clos levou as memórias de uma mulher para a passarela. O chão foi coberto por um carpete off-white, e as modelos vieram com turbantes na cabeça; a ideia era não ter interferência de cor alguma, manter o visual limpo, segundo Sara Kawasaki, estilista da marca.

Com uma passarela cheia de folhas secas no chão e livros numa estante cenográfica na boca de cena, a 2nd Floor, marca mais sofisticada da Ellus, mostrou sua coleção de inverno inspirada em Sherlock Holmes.

Isabeli Fontana, Raquel Zimmermann, Ana Cláudia Michels e Ana Beatriz Barros foram as grandes estrelas do desfile da Animale, que fechou a noite de quarta-feira, na São Paulo Fashion Week.

Fonte: Revista QUEM / Fotos: Divulgação

Acompanhe a cobertura completa da SPFW em nosso twitter: @The_Graces


Terceiro dia de SPFW

O estilista Valdemar Iódice buscou inspiração na Amazônia para compor a coleção de outono/inverno da grife que leva seu sobrenome. Na passarela do SPFW, looks elegantes, modernos e chiques com direito a estampas com imagens de peixes e sementes de tucumã.


Ronaldo Fraga
desfilou sua nova coleção, inspirada na dançarina e coreógrafa Pina Bausch, no terceiro dia de SPFW. Os modelos subiram vestidos de bonecos inusitados, nos quais os rostos apareciam nas costas. A nova coleção  mostrou muita cor e forma na passarela.

Simone Nunes se inspirou na ilustradora americana Amy Cutler. Vieram muitos vestidos, com recortes tipo collant de patinadora do gelo, com nudes, metais e transparências.

Inspirada na história da heroina Joana D’Arc, a estilista Fábia Berseck apresentou um inverno 2010 cheio de brilhos.

Jesus Luz foi a grande estrela do desfile da Ellus. A nova coleção da grife foi inteira criada a partir das cores preta, vermelha e azul.

Com forte inspiração japonesa, Triton fechou o terceiro dia de desfiles da SPFW.

Fonte: Revista QUEM / Fotos: Divulgação

Acompanhe a cobertura completa da SPFW em nosso twitter: @The_Graces


Segundo dia de SPFW

A grife Maria Bonita abriu o segundo dia de desfiles e montou uma passarela improvisada no Sesc Pompéia, em São Paulo, para mostrar suas tendências para o outono/inverno.  Marca buscou inspiração nos trabalhos da arquiteta modernista Lina Bo Bardi.

No prédio da FAAP, o estilista Reinaldo Lourenço apresentou peças com modelagens dos anos 40 e 60 e usou cores como nude às mais vibrantes.

Maria Garcia deixou as cores tradicionais do inverno de lado para dar lugar ao rosa e vermelho. Segundo a grife, estas serão as cores da próximas estação de outono/inverno 2010.

Isabeli Fontana foi o grande destaque do desfile da coleção feminina de Alexandre Herchcovitch, cuja inspiração foi o leste europeu.

Cori apresentou sua nova coleção na Bienal do Ibirapuera. A nova linha de roupas femininas teve como inspiração a famosa figurinista de Hollywood Edith Head.

Forum Tufi Duek desfilou a coleção de outono/inverno 2010 na Bienal do Ibirapuera.

Samuel Cirnansck fechou o segundo dia de desfiles da semana de moda do São Paulo Fashion Week.

Fonte: Revista QUEM / Fotos: Divulgação

Acompanhe a cobertura completa da SPFW em nosso twitter: @The_Graces


São Paulo Fashion Week Outono-Inverno 2010

Começou ontem, dia 17 de janeiro, a semana de moda mais famosa do Brasil, o São Paulo Fashion Week em sua edição de outono-inverno 2010. Os desfiles vão até sexta-feira, dia 22.

Cavalera abriu a semana de moda mais rock do que nunca e desfilou sua nova coleção de outono/inverno no centro da cidade, na Galeria do Rock. Além de modelos profissionais, os funcionários e frequentadores do local desfilaram para a grife que apresentou uma linha ainda mais Rock´n´Roll para a próxima estação.

A grife Osklen inspirou sua nova coleção de outono/inverno 2010 nas formas, estampas e leveza do verão. Com materiais e cores invernais, a grife desfilou a nova coleção na Bienal do Ibirapuera.

Priscilla Darolt apostou nos vestidos soltos, com cortes retos, e nos modelos baseados em espartilhos, bem ajustados ao corpo. Preto, branco, roxo e azul serão as cores da próxima estação de outono/inverno 2010, segundo a marca.

Fausen Haten desfilou sua nova coleção de outono/inverno no primeiro dia de SPFW, na Bienal, em São Paulo. A aposta da grife é a sobreposição de peças de forma ousada e criativa.

Mario Queiroz reviveu a moda dos anos 80 de Londres em um desfile nas cores vermelho, azul, amarelo e preto.

Rosa Chá desfilou sua nova coleção na Bienal do Ibirapuera. A grife de moda praia apresentou sua linha de outono/inverno com ar de lingerie, com cores neutras e muita renda.

Colcci fechou o primeiro dia da edição de outono/inverno 2010 do São Paulo Fashion Week cheio de estrelas na passarela. Além da top Alessandra Ambrósio, convidada para desfilar no lugar de Gisele Bündchen, desfilaram Ana Claudia Michels, Izabel Goulart e o ator Cauã Reymond.

Fonte: Revista Quem / Fotos: Divulgação

Acompanhe a cobertura completa da SPFW em nosso twitter: @The_Graces